Como usar as redes sociais de uma maneira saudável

Tempo de leitura: 6 minutos


Mesmo com a necessidade de estar conectado todo o tempo e ligado nas redes sociais, a Empório resolveu trazer maneiras de promover um uso mais saudável do celular. No primeiro post, falamos sobre as melhores formas de passar menos tempo no aparelho. Mas é claro que ninguém consegue se desconectar pra sempre do mundo digital, então neste post aqui resolvemos dar dicas de como usar melhor as redes sociais, e o que avaliar enquanto você navega despreocupado pela timeline.

Confira:

 

  • “Vida perfeita”

Sabe aquela vida dos sonhos que você vê nas redes sociais? A felicidade em tempo integral e nenhum problema… Nada daquilo é completamente real. A verdade é que ninguém quer ver a vida de outras pessoas com obstáculos, burocracias, crises etc. Essas coisas são muito comuns e nós já temos no nosso próprio dia-a-dia.

Sendo assim, o que os influencers tentam fazer é um entretenimento. Mostrar somente as coisas boas, ou então fingir que está tudo bem, são maneiras de “divertir” o público.

Essa seria só mais uma forma de entretenimento se não tivesse se tornado tão tóxica ao longo do tempo. À medida que mais conteúdo dessa vida perfeita vai sendo produzido, mais as pessoas se tornam insatisfeitas com a própria realidade. Muitas vezes é difícil assimilar que os momentos postados nas redes são pensados estrategicamente para parecerem perfeitos e “instagramáveis”.

Então, na próxima vez que estiver passeando pela internet e se deparar com uma dessas vidas perfeitas, lembre-se que não tem como saber o que realmente acontece por trás das câmeras. Além disso, quem está lá é uma pessoa comum assim como eu e você, mas que se dedica integralmente a postar nas redes.

 

  • Corpo dos sonhos

Depois que os corpos perfeitos saíram das revistas e foram direto pro nosso celular, ficou difícil assimilar que eles poderiam não ser naturais. Muita gente ainda usa photoshop em todas suas fotos. Não importa qual a insatisfação, quase sempre elas são alteradas, e na maioria das vezes a gente nem percebe.

Pior que isso, é que muitas vezes as famosas passam por centenas de procedimentos estéticos caríssimos, e agem como se todo o corpo fosse natural.

Aí é óbvio que surge a maior frustração quando não conseguimos comer as mesmas comidas saudáveis, passar metade do dia na academia, ou então indagamos porque não tivemos a “sorte de nascer assim”.

Se você se sente extremamente pressionada pelo corpo perfeito conquistado pelas blogueiras, nós temos duas dicas pra você. A primeira é entender que muitas vezes aquele corpo é fruto de alterações no photoshop, e quando não é, passou por muitos procedimentos estéticos e foi pensado pra ficar exatamente daquele jeito. Fora isso, as blogueiras recebem produtos e ganham dinheiro o suficiente pra investir em si mesmas. Sim! O corpo perfeito acaba se tornando um investimento, porque atrai cada vez mais pessoas querendo descobrir a receita mágica pra alcançá-lo.

Em segundo lugar, se formos sinceras, sabemos que mesmo tendo consciência de tudo isso às vezes a gente acaba se comparando com os outros e se sentindo mal por não chegar naquele resultado. Então, que tal começar a seguir pessoas que se pareçam mais com você? A parte boa é que o instagram é bem democrático e dá a chance de qualquer pessoa ter sua conta.

Comece procurando por hashtags com as quais você se identifica. #gorda #cacheada #negra #nerd são alguns exemplos que te ajudam a se aproximar de pessoas que se pareçam fisicamente com você e podem te inspirar em looks, amor-próprio e um monte de outras coisas. Se você quiser saber um pouco mais sobre o assunto, pode assistir esse vídeo aqui. A youtuber e escritora Alexandra Gurgel faz parte do movimento Body Positive e, nesse vídeo, tenta promover um uso mais saudável das redes.

 

  • Consumismo

É claro que pra conquistar o corpo e a vida perfeitos todo mundo precisa de alguns produtos especiais. O que a gente normalmente vê em vídeos e fotos são aqueles objetos ou comidas que você não pode deixar de ter se quiser ser perfeito também.

Mas mesmo que os influencers disfarcem muito bem, a maioria das coisas que eles mostram, e que você “não pode viver” sem, são fruto de propaganda. Eles são pagos pra inserir determinado produto na rotina diária, e naturalmente mostrar como ele vai te transformar. Isso acontece com roupas, comida, móveis de casa e até agências de viagem. Tudo pra que os patrocinadores vendam mais suas mercadorias.

A dica desse item vale não só pras compras online ou baseadas em redes sociais. Mas sempre que for comprar algo, pense se você realmente precisa daquilo. Pesquise bem a utilidade e a reputação da marca antes de fazer um investimento por menor que seja. Nós somos diariamente bombardeados por anúncios, e nosso subconsciente acaba acreditando que a gente precisa comprar cada vez mais.  Por isso calma e pesquisa devem ser as palavras de ordem antes de fazer uma compra.

 

  • Fake News

Saindo um pouco do universo das blogueiras (mas não tanto), as fake news se tornaram um tema bem popular nos últimos tempos. A verdade é que ao termos pressa de repassar uma notícia, a gente acaba nem tendo certeza se ela é realmente verdadeira.

Então, pra não distribuir informações falsas por aí, e até pra não cair em ciladas, procure sempre saber mais sobre o assunto. Se for uma corrente de whatsapp, por exemplo, pergunte de onde veio a informação passada ou então pesquise no google se aquilo é realmente real. Caso o assunto seja uma grande notícia, a Agência Pública e a Lupa sempre fazem o trabalho de checar matérias e boatos sendo repassados. Vale a pena fazer uma visita aos sites quando a dúvida bater.

 

A gente espera ter te ajudado a pensar mais sobre o uso que fazemos da internet. Não deixe de acompanhar nossos próximos posts, que vão trazer formas legais de passar um tempo mais útil nas redes.

O post Como usar as redes sociais de uma maneira saudável apareceu primeiro em Blog Empório.



Fonte do Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *